A realidade é uma obra de ficção, e qualquer semelhança com a literatura é mera coincidência.

— Entretanto

Jogo viciado

1

Sentado à sua mesa, Guilherme mirava a página vazia na tela do computador incomodado pela luminescência excessiva na malha de pixels, cuja brancura ardente dilatava suas pupilas, irritando-lhe os olhos e o ânimo. Passeou o cursor, ora de um canto a outro da tela, ora em elipses. Depois digitou um “s” ao acaso — sempre ...